Famup destaca legado do ex-prefeito de Poço de José de Moura

Por Múltipla - em 60

A Federação das Associações dos Municípios da Paraíba (Famup) lamentou a morte do ex-prefeito de Poço de José de Moura, Manoel Alves Neto (Peixe Moura), aos 86 anos, ocorrido no último domingo (23), em sua residência.

“Recebemos com tristeza a notícia do falecimento de Peixe Moura, um grande líder político da região e que teve uma vida dedicada ao bem da população de Poço de José de Moura, seja como vereador e como prefeito. Externamos votos de pesar à família e amigos. Ele foi um grande homem público e deixa um importante legado”, disse o presidente da Famup, George Coelho.

Na eleição de 2008, Peixe Moura foi eleito para o cargo de prefeito municipal de Poço de José de Moura pela Coligação PP, PSDB, PR e DEM. Obteve 1.540 votos, 51,94% dos votos válidos. Teve como companheiro de chapa Walmy Quaresma.

O ex-prefeito era sobrinho do curandeiro, rezador, benzedor, benfeitor e fundador da cidade de Poço José de Moura, da Igreja Matriz São Geraldo e criador do Reisado Zé de Moura, o místico José Alves de Moura (Zé de Moura). Peixe Moura era tio do prefeito Paulo Braz de Moura, da ex-vereadora, ex-vice-prefeita e ex-prefeita do Município, Aurileide Egídio de Moura e da vereadora Veluma Hayalla Mariz Moura.